Como Ser Feliz: 10 Atalhos Que Você Precisa Saber Hoje (# o 4 é meu Favorito)

Você ficaria preocupado com isso? Você busca “como ser feliz” e descobre que cientistas demonstraram que boa parte da nossa felicidade é determinada geneticamente? 

O que isso quer dizer?

Que algumas pessoas, sim, são mais propensas a serem felizes…

Mas a melhor notícia é essa:

Que a felicidade pode ser aprendida! Não vem ao acaso ou só pela genética. 

Porque eu destaquei que tem que ser HOJE?

As vezes temos a impressão que situações mais complexas como a felicidade, só teremos essa sabedoria na velhice.

Errado! Podemos começar hoje sim!

Quando você digitou no google “como ser feliz”, você intuitivamente já havia percebido que há atalhos sim para buscar a felicidade. Esses atalhos estão sendo amplamente divulgados e comprovados por diversas pesquisas científicas.

Mas o que é a Felicidade, então? Uma definição simples é “A felicidade pode ser definida como a predominância da frequência de ocorrência de experiências emocionais positivas sobre as negativas”.

Mas isso ainda é pouco. Para algo tão importante eu fui mais fundo e compartilho com você a síntese que fiz nesses 10 atalhos!

Então, para saber mais sobre como ser feliz, continue lendo esse artigo que você vai ver:

  • Que a felicidade pode sim ser aprendida e como chegar lá!
  • Entender o que é a Resiliência e como isso é a chave para ser feliz.
  • Porque o dinheiro pode sim trazer felicidade.

Interessante, não? Assim, compartilhe também esses conhecimentos com seus amigos e você vai descobrir nos atalhos abaixo, porque compartilhar é importante!

Clique abaixo e compartilhe (é rapidinho):

1. NINGUÉM É FELIZ TODO O DIA


como-ser-feliz-todo-dia

Não temos necessariamente uma vida feliz. Temos momentos felizes.

A busca de uma felicidade como constante é errada. Assim, se você procura como ser feliz, terá que considerar  a vida tem altos e baixosTentar evitar ou não aceitar as oscilações da vida, é que nos leva mais ainda a infelicidade ou frustração constante.

Se você está buscando como ser feliz tenha isso em mente: uma pessoa feliz tem altos e baixos, mas o seu estado geral de ser é positivo.

Mas, tem outro ponto importante:

Num estudo clássico sobre a felicidade (Grant Study – Harvard) foi apontado que você pode encontrar a felicidade em qualquer ponto em sua vida, porque nunca é tarde demais para mudar.

Aliás, mudar e enfrentar os desafios da vida cotidiana é uma habilidade que tem que ser aprendida. 

Veja porque isso é importante.

Aprenda a seguir o que isso significa.

2.   APRENDA A ARTE DA RESILIÊNCIA


Rocky Balboa falando ao filho que a vida não é fácil mesmo e, o quão importante é seguir lutando e resistir as dificuldades (Cena do Filme Rocky Balboa)

A resiliência é um conceito muito utilizado na física. Se refere a capacidade de um material retornar a sua forma original após sofrer algum tipo de pressão ou deformidade.

No caso das pessoas, pode-se entender a resiliência como a capacidade de enfrentamento das situações adversas da vida. Assim, nosso nível de felicidade, está ligado à como reagimos ao eventos da nossa vida.

A resiliência é nossa capacidade de recuperação face aos fatos negativos da vida. Uma pessoa com boa resiliência tende a sair das situações difíceis com aprendizado e mais recursos para enfrentar novas adversidades.

O que fazer então para ser mais resiliente?

Frente as dificuldades é crucial buscar estratégias e conhecimento para enfrentá-las. O que as outras pessoas que passaram pelo mesmo problema fizeram para resolver? No que eu errei e posso seguir adiante  e aprender com essa situação?

Buscando essas ações, você poderá perceber que está cada vez mais no controle da sua vida. Essa percepção aumentará seu nível de felicidade.

Quer saber como e porque?

Leia o próximo tópico e descubra!

3.   ASSUMA O CONTROLE DA SUA VIDA (e Saiba a Verdade Sobre Como Ser Feliz!)


matrix controle como ser feliz

Morpheus: Você Acredita em Destino Neo?
Neo: Não!
Morpheus: Porque não?
Neo: “Eu não gosto da ideia que eu não controlo minha vida”
(Neo e Morpheus em Matrix)


Nessa cena do filme Matrix, Morpheus começa a explicar a Neo, o que é a Matrix. O ponto principal é o fato da Matrix controlar todos que estão conectados a ela, ao seu bel prazer.

Ou seja, as pessoas são escravos de uma máquina. Não tem controle sobre suas vidas. 

Eu também não aceito não estar no controle da minha vida! E você?

E esse é o passo importante rumo a felicidade. Sobre esse assunto você deve ficar atento ao que se chama de lócus de controle.

Essa expressão se refere o quanto você acredita que o controle de sua vida vem de agentes externos ou internos a você.

Veja como funciona:

  • Pessoas com lócus de controle interno atribuem que suas metas, objetivos e aquilo que acontecem na sua vida estão relacionados às suas habilidades e competências. E percebem sempre que podem reagir a elas.
  • Já as pessoas com lócus de controle externo, acreditam que o que podem alcançar é dependente de outras pessoas ou fatores externos. Como o marido (ou esposa), a família, o chefe, a sorte, fé, acaso ou a qualquer outra instância além de si próprio. Ou seja, ela não assume a responsabilidade pelo que acontece na sua vida. Ponto.

Agora, adivinha quem é mais feliz?

Sim, as pessoas com lócus de controle INTERNO são mais felizes.

Porquê?

Pessoas que assumem que estão nas rédeas de suas vidas, tendem a ser mais responsáveis pelos acontecimentos. Assim, essas pessoas buscam formas de reparar seus erros.

Além disso, quando elas percebem que seu desempenho está fora de seu padrão, se esforçam para melhorar. Entendeu, porque o lócus de controle tem muito a ver com a Produtividade Pessoal e Qualidade de Vida?

Estudos demonstraram que pessoas com lócus interno, possuem maior satisfação com a vida, felicidade, afetos positivos e menores níveis de afetos negativos.

Por outro lado, pessoas que preferem ficar esperando até que os outros a façam felizes, ao invés de lutarem elas próprias para a conquista de sua felicidade, tem menor probabilidade de serem felizes.

Veja como o lócus de controle tem tudo a ver com a resiliência, certo?

Mas, e agora, e aquela conversa que o dinheiro não traz felicidade, eu preciso de dinheiro para ter mais controle sobre minha vida, não?”

 4. O DINHEIRO TRAZ FELICIDADE SIM!


como ser feliz com dinheiro

Eu deixei de ser hipócrita e achar que o dinheiro não faz falta. Faz sim.Veja o exemplo 2: para você assumir o controle total da sua vida (isso inclui a vida financeira) você vai ser mais feliz.

É óbvio que ter mais dinheiro por si só, não determina sua felicidade. Pesquisadores deixam claro que, se sua única fonte de satisfação com a vida é a aquisição de bens materiais, você está longe de ser feliz.

Além disso, pesquisadores defendem que se você não vê que o dinheiro lhe traz felicidade, provavelmente você não está gastando da forma correta.

Vamos lá:

  • Gaste seu dinheiro com experiências, ao invés de coisas.

Comprar coisas não são de fato a fonte da felicidade. A não ser que essas “coisas” lhe trarão algum benefício real e de longo prazo em desenvolvimento pessoal.

Pesquisa demonstrou que 57% das pessoas relacionam a felicidade com aquisições de experiências como viagens, shows, cursos, ao invés de comprar coisas.

Isso é devido ao fato de que esse tipo de compra está relacionada ao prazer de sua preparação, às suas lembranças, que ficam por muito tempo na nossa vida. As boas memórias influenciam nossa satisfação geral com a vida, que está relacionada a felicidade.

  • Veja o dinheiro como um recurso para sua vida

Sim, o dinheiro é um recurso. Obviamente, você precisará dele para atingir alguns objetivos.

No entanto, ele não pode ser o objetivo final. Daí é que vem o problema. 

A necessidade financeira tem que estar atrelada a financiar seu bem-estar e da sua família.

O que acontece quando falam que o dinheiro não traz felicidade, é quando essa busca é gananciosa. Uma ganância motivada por puro status. Para atingir objetivos que não são seus de verdade, que vão mais prejudicar do que melhorar sua qualidade de vida.

É a genuína falta de propósito de vida! Vou repetir isso sempre! Pense nisso!

  • Gaste seu dinheiro com os outros (que precisam, é claro)

Sempre fui muito criterioso com a caridade e a exploração da gratidão. Mas é fato, muitas pessoas precisam de nosso apoio. E esse suporte muitas vezes depende de nossas finanças.

Pesquisa demonstra que quem gasta dinheiro com a caridade, costuma ser mais feliz. Mas isso só ocorre se doação for voluntária, sem pressão ou coerção. 

Isso está relacionado à nossa condição de seres sociais. Veja porque: Estudos demonstraram que a prática de doações fortalecem os vínculos sociais. Manter as relações sociais é um dos componentes importantes da satisfação com a vida e da felicidade. 

Além disso, estudos em neurociência defendem que o ato da caridade promove estímulos cerebrais positivos e que aumentam a sensação de bem-estar.

Mas os laços sociais contribuem muito mais do que isso para a Felicidade.

Como assim?

Leia o tópico a seguir:

5. FORTALEÇA SEUS VÍNCULOS SOCIAIS (e aumente em 50% suas chances!)


como ser feliz suporte social

O Ser humano é um ser social. Ponto.

No entanto, temos uma tendência cultural de sermos quantitativos. Ou seja, achamos que temos bom relacionamento social, na mesma medida que vimos nosso número de amigos no Facebook subir.

Longe Disso.

O relacionamento social que conta mesmo com a felicidade é muito mais qualitativo. Pessoas que têm amigos que, através dos quais, oferecem e recebem apoio emocional, em geral são mais felizes. Ou seja, o suporte social que conta é aquele amigo que podemos compartilhar nossos sentimentos, melhorando o nível de bem-estar.

Olhando por um outro lado, pesquisas comprovaram que o isolamento social ativa as mesmas regiões do cérebro acionadas por dores físicas. Ou seja, a falta de relacionamento social dói, dói muito…

Veja essa outra contribuição do relacionamento social e felicidade:

A felicidade parece ser contagiante!  E isso não é saudosismo ou falso otimismo, é pesquisa.

Numa parte do famoso Framingham Heart Study foi observado que pessoas felizes vivem com pessoas felizes. E não é por afinidade.

A explicação é que uma pessoa feliz tende a “contaminar ” os próximos com hábitos que as levam para a felicidade.  O trabalho mostrou que a proximidade com pessoas felizes, pode aumentar em até 50% seu nível de felicidade!

Entendeu porque eu sugeri que compartilhasse esse artigo?

Então, vamos lá, “contamine” seu amigos!

Clique abaixo e compartilhe:

6. DÊ CONSELHOS A VOCÊ MAIS JOVEM


como ser feliz velho e jovem

Biff jovem recebendo conselhos dele mesmo mais velho (que veio do futuro). Em De Volta para o Futuro 2.

Agora o exercício que você pode adotar para definir como ser feliz (recomendado pelas maior autoridade no assunto: Dr. Tal Ben-Shahar)

Imagine-se com 100 anos e pergunte-se: que conselho você daria para sua versão jovem? Para você hoje? Que pontos negativos você lutaria para tirar da sua vida e ser mais feliz?

Isso é importante por 2 motivos principais:

  • Esse exercício pode ajudar, e muito, a identificar ações e pontos negativos da sua vida para de fazer hoje e a descobrir, todo o dia, como ser feliz.
  • Não deixe chegar aos 110 anos para descobrir o que não deveria ter feito. Comece agora. Lembre-se: a Felicidade começa todo o dia

7.     INTERPRETE OS FATOS DE FORMA POSITIVA (SEMPRE)


com ser feliz pensamento positivo

A busca sobre como ser feliz, passa inevitavelmente pela atenção ao nosso estado mental.

Exceto em circunstâncias muito extremas e específicas, nosso nível de felicidade ou bem-estar é influenciado muito pelo nosso foco ou como interpretamos os eventos da nossa vida.

É a arte de interpretar positivamente: ” o copo está meio-cheio ou meio-vazio”. Longe de jargões, isso faz parte de terapias cognitivas para estresse, depressão e ansiedade. 

Eu já havia comentado no artigo sobre estresse. A falta de filtro mental é um dos ingredientes do estresse e, por assim dizer, da infelicidade.

É importante adquirir o hábito de refletir sobre o quanto nos estressamos por interpretações superficiais ou quanto damos foco e energia num assunto que não é significativo para nós. 

8. SIMPLIFIQUE A VIDA!


simplifique como ser feliz

Entendeu agora, porque esse artigo tem tudo, mas tudo a ver com Produtividade Pessoal? E porque eu tenho me dedicado a compartilhar esses conhecimentos?

O excesso de tarefas, complexidades e preciosismos e falta de propósito devem ter atenção especial para quem quer saber como ser feliz.

Porque?

Você já deve ter passado por isso. Assumimos tantas coisas as vezes que o sentimento de não conseguir cumprir pode ser uma das causas importantes na infelicidade.

Eu deixei isso muito claro no primeiro artigo do blog, dá uma olhada lá e veja como simplificar sua vida e ser mais feliz

9.    PRATIQUE ESSE RITUAL


como ser feliz com dinheiro GRATIDÃO

Como ser feliz, passa também, segundo o Dr. Ben-Sharar, pela intenção de criar rituais diários.

Você já deve ter visto por aí que uma das características das pessoas bem-sucedidas, artistas, empresários, pais, são os rituais.

Sabe porquê?

Porque você fica bom repetindo aquilo que é simples e eficaz. Você melhora seu desempenho e tem mais tempo para as coisas que tem significado na sua vida. Aquilo que te traz sentimentos positivos.

O maior especialista em estudos sobre felicidade, tem um ritual muito interessante. Aliás, é um exercício muito clássico para tratamento do estresse, depressão, ansiedade e outros.

Ele escreve diariamente um diário de gratidão: anota sempre no final do dia 5 coisas sobre as quais ele é muito grato.

Essas são diretrizes importantes veiculadas por uma vertente de estudo da Psicologia, chamada de Psicologia Positiva. A atenção da psicologia positiva sobre a felicidade está na premissa de que é possível aprender a ser feliz. Ponto.

Ou seja, se você busca como ser feliz, certamente, será necessário aprender algumas coisas. Fazer um diário pode ser uma delas. Além disso esse registro é importante também para acompanhar seus progressos!

Eu te avisei que escrevo baseado em pesquisa, e busco trazer a informação que quebre padrões. 

Como você está disposto a mudança e ao novo por isso você está por aqui!

10. “SÓ” 50% DA SUA FELICIDADE É GENÉTICA


como-ser-feliz-genéticaUm estudo publicado no The Journal of Neuroscience, Psychology and Economics   verificou a hipótese para a ligação entre felicidade e genética. E, assim, identificou um possível “gene felicidade”.

O trabalho concentrou-se no gene 5-HTTLPR, que tem sido associado a problemas emocionais como depressão. Pode-se demonstrar que há uma correlação positiva entre o comprimento do gene e a satisfação com a vida.

Isso pode ser parcialmente explicado pela relação que o gene 5-HTTLPR apresenta no transporte da serotonina.

A serotonina é um importante neurotransmissor relacionado com a ativação cerebral, e pode influenciar emoções positivas como o otimismo.

Em geral, esse e outros estudos demonstram que a felicidade está determinada de 35 a 50% pelos aspectos genéticos. Ou seja:

Pelo menos 50% da sua felicidade está em suas mãos. Como ser feliz deve ser um aprendizado diário.


Esses atalhos  demonstram a possibilidade de aprender como ser feliz. Isso inclusive na comunidade científica. Gigantes como a Universidade de Harvard tem se dedicado ao estudo da Felicidade. Existem até revistas científicas sobre o tema:  o Journal of Happiness Studies (Revista de Estudos da Felicidade) ou The Journal of Happiness and Well-Being (Revista da Felicidade e Bem- Estar).

Sim, se quisermos saber como ser feliz precisamos olhar para nosso cotidiano, nossas atitudes e nossa rotina diária.

E não é algo estático, podemos aprender a ser feliz! Espero que esse artigo tenha te dado uma direção sobre a Felicidade.

O que você achou? Deixe um comentário logo abaixo!

Se quiser saber mais sobre Produtividade Pessoal e Qualidade de Vida, cadastre-se na nossa lista abaixo!

Conteúdo Exclusivo!

Coloque seu e-mail abaixo e receba Gratuitamente as atualizações do blog! 

Sua inscrição foi recebida com sucesso! Continue lendo o artigo!